Já há mais multimilionários na Ásia do que nos Estados Unidos

Ana Sanlez 26.10.2017 / 17:55

Pela primeira vez na história, a maior concentração mundial de multimilionários está a Oriente. Um estudo publicado esta quinta-feira pelo banco UBS e pela consultora PwC revela que o aumento do número de empresários, em particular na China, fez com que o continente asiático se destacasse na lista deste ano.

Face a 2016, a Ásia tem mais 117 multimilionários, num total de 637. O que significa que o continente asiático ganha um multimilionário a cada três dias. Destes, 318 são chineses. Nos Estados Unidos só 25 empresários subiram à categoria de multimilionário no ano passado, para um total de 563. No entanto, a riqueza média dos norte-americanos continua a ser superior à dos asiáticos.

Mas também esta tendência deverá inverter-se nos próximos quatro anos. A Europa continua a ser o continente mais “pobre”. No ano que passou, o Velho Continente viu nascer três multimilionários, para um total de 342. A nível global, as grandes fortunas aumentaram 17%, ou 892 mil milhões de dólares (757 mil milhões de euros) para um total de seis biliões de dólares, pouco mais de cinco biliões de euros.

Já o número de multimilionários aumentou 10%, de 1397 para 1542, sendo que 39% têm mais de 70 anos. O mesmo estudo prevê que quase metade do montante total destas fortunas vai passar para a próxima geração nos próximos 20 anos, sendo esse o principal desafio que os multimilionários vão enfrentar.

  • Matérias-primas,
  • tecnologia,
  • serviços financeiros
  • e indústria

foram as áreas que impulsionaram o aumento das fortunas em 2016.

O estudo sublinha que os empreendedores têm um peso cada vez maior nas listas de milionários. Em 1995, só 45% das grandes fortunas eram criadas de raiz. Hoje, os multimilionários “self made” já são 70%.

Ana Sanlez

Fonte: https://www.dinheirovivo.pt/economia/ja-ha-mais-multimilionarios-na-asia-do-que-nos-estados-unidos/

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>