A Santa Sé mostra sua “preocupação” com a situação da Igreja na Nicarágua

 

Reunião da OEA


DR/Agências  
Foto: Reunião da OEA / DAQUI

Assim o expressou o Observador Permanente da Santa Sé junto à Organização dos Estados Americanos, Dom Juan Antonio Cruz, na primeira reação do Vaticano aos recentes acontecimentos na Nicarágua,

  • onde sete emissoras de rádio católicas foram fechadas
  • e um bispo continua preso e assediado pela polícia por nove dias no norte do país centro-americano

A resolução da OEA foi aprovada com 27 votos a favor, um contra (São Vicente e Granadinas), quatro abstenções e dois ausentes. No texto, os Estados condenam

“o fechamento forçado de organizações não governamentais e o assédio e as restrições arbitrárias impostas às organizações religiosas e às que criticam o governo nicaraguense”.

 

O Vaticano expressou sua “preocupação” na sexta-feira com a crise entre o governo de Daniel Ortega e a Igreja Católica da Nicarágua , e pediu às partes que busquem

“caminhos de entendimento baseados no respeito mútuo e na confiança”.

Assim o expressou o Observador Permanente da Santa Sé junto à Organização dos Estados Americanos, Dom Juan Antonio Cruz ,

  • na primeira reação do Vaticano aos recentes acontecimentos na Nicarágua,
  • onde sete emissoras de rádio católicas foram fechadas
  • e um bispo continua preso e assediado pela polícia durante nove dias no norte do país centro-americano.

“A Santa Sé

  • não pode deixar de manifestar sua preocupação a esse respeito,
  • ao mesmo tempo em que assegura seu desejo de colaborar sempre com aqueles que estão comprometidos com o diálogo
  •  como instrumento indispensável da democracia e garante de uma civilização mais humana e fraterna”, disse Cruz.

Daniel Ortega traiu a Revolução sandinista

Casal presidencial da Nicarágua. Ele presidente, ela vice: dois  ridículos  e cruéis ditadores em pleno século XXI. Foto: DAQUI

Condenação da OEA

Na mesma sessão extraordinária do Conselho Permanente da OEA ,

  • onde foi aprovada uma resolução condenando o governo Ortega,
  • o representante do Papa Francisco exortou as partes a

“encontrarem caminhos de entendimento baseados no respeito e na confiança mútuos, buscando antes de tudo o bem comum e a paz .”

A resolução da OEA foi aprovada com 27 votos a favor, um contra (São Vicente e Granadinas), quatro abstenções e dois ausentes. 

No texto, os Estados condenam

  • “o fechamento forçado de organizações não governamentais
  • e o assédio e as restrições arbitrárias impostas às organizações religiosas
  • e às que criticam o governo”

na Nicarágua.

Eles também exigiram que Ortega

  •  liberte todos os “presos políticos” (são pelo menos 190 segundo a oposição),
  • cesse o assédio à imprensa independente
  • e garanta o direito à liberdade de expressão.

 

Religión Digital

Fonte: https://www.religiondigital.org/america/Santa-Sede-preocupacion-Iglesia-Nicaragua_0_2477752204.html

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>