BENTO XVI RENUNCIOU À SUA RENÚNCIA?

Frei Bento Domingues – domingo, maio 28, 2017 “Compreende-se que, por muito que goste de estudar, de escrever e de rezar, depois de tantos anos de intervenção nos destinos da Igreja, perante o que lhe contam, não aguente o silêncio que se impôs. Bento XVI, sob o ponto de vista institucional, morreu, mas julga […]

As razões do silêncio e o silêncio da razão: Ratzinger, Sarah e o antimodernismo litúrgico

Andrea Grillo – 21 de maio de 2017 no blog: Come se non

Foto: cittadellaeditrice.com

Tradução: Orlando Almeida

Muitas vezes acontece, no entanto, que a proposta do silêncio seja impulsionada por uma preocupação não litúrgica, mas extra-litúrgica: alimenta-se de uma lógica “antimodernista” que facilmente leva a ver o silêncio como “negação da palavra” e […]

Ratzinger renunciou à renúncia? O fim de um mito

…”o elogio do incompetente torna incompetente o elogio” – Andrea Grilllo

Pierluigi Mele – 20/05/17

Ratzinger renunciou à renúncia? A pergunta pode parecer uma provocação, mas um episódio levanta essa dúvida. Trata-se da publicação de um “prefácio”, conforme antecipado pelo jornal Corriere della Sera e pelo sítio Nuova Bussola […]

Evento e significado. “O que significa e como expressar hoje a Eucaristia como sacramento da presença de Cristo e de seu sacrifício?”

Carlo Molari – 05 Maio 2017 “Lembrar Cristo significa evocar sua missão salvífica e empenhar-se para que cada um seja uma epifania viva, sinal de sua ação no mundo. Então, aquele que participa da Eucaristia, mas não vive a fé, tem sim a ação de Deus, porém a relação de presença não se estabelece, […]

Padres ornamentados: o que isso nos diz?

O que Jesus diria dessa vaidade toda e desse gosto de aparecer e de se diferenciar do Povo, a começar por vários cardeais de Roma e alhures, passando por muitos bispos e sendo copiado agora pelos jovens padres? – JT

Solange do Carmo – 19/04/2017

Fotos: observatoriodaevangelização

“Meu Deus, não […]

INOVAR OU REPETIR?

Frei Bento Domingues O.P -Público 02.04.17

“É a fé subjectiva e manifestada que constitui a alma e o motor de todas as formas da ritualidade cristã. Por tudo isso, petrificar os ritos, considerá-los estáticos e imutáveis é trair a condição incarnacionista do cristianismo. Ritualidade e criatividade não se excluem, exigem-se mutuamente. As […]

Concretizações do modo simples de rezar

// < ![CDATA[ // < ![CDATA[ // < ![CDATA[ // < ![CDATA[ // < ![CDATA[ // < ![CDATA[ (function(){function h(a){return function(){return this[a]}}function l(a){return function(){return a}}var m=this;function ba(a){var b=typeof a;if("object"==b)if(a){if(a instanceof Array)return"array";if(a instanceof Object)return b;var c=Object.prototype.toString.call(a);if("[object Window]"==c)return"object";if("[object Array]"==c||"number"==typeof a.length&&"undefined"!=typeof a.splice&&"undefined"!=typeof a.propertyIsEnumerable&&!a.propertyIsEnumerable("splice"))return"array";if("[object Function]"==c||"undefined"!=typeof a.call&&"undefined"!=typeof a.propertyIsEnumerable&&!a.propertyIsEnumerable("call"))return"function"}else return"null";else if("function"==b&&"undefined"==typeof a.call)return"object";return b}function n(a){return"string"==typeof a}function ca(a,b,c){return a.call.apply(a.bind,arguments)}function da(a,b,c){if(!a)throw [...]

Quaresma: “A Palavra é um dom. O outro é um dom”

Quarta feira de Cinzas, 01/03/2017 – Foto AP

“A Quaresma é o momento favorável para intensificarmos a vida espiritual através dos meios santos que a Igreja nos propõe: o jejum, a oração e a esmola. Na base de tudo isto, porém, está a Palavra […]

“A Igreja não é o Google Tradutor”: os limites da Liturgiam authenticam

Pierluigi Miele – 15/01/2017

Dentro da Igreja Católica, há um debate, entre os adeptos aos trabalhos, sobre a liturgia. Um tema importante para a Igreja do pós-Concílio Vaticano II. Nos últimos anos, o debate também continuou. Um dos pontos de debate é o documento Liturgiam authenticam.

Falamos sobre […]

Questionamentos após Medellin (II): o ritualismo.

Eduardo Hoornaert – 16/07-2016

“Na vida e no funcionamento da Igreja, a religião ocupa mais espaço e tem maior importância do que o evangelho. A religião é um fato cultural, enquanto o evangelho é um apelo à ação. Na cultura ocidental, a religião é mais determinante que o evangelho, que teria que […]