Quando Helder Camara capta a dor da igreja

Sonhei que o Papa enlouquecia /Ele mesmo ateava fogo / Ao Vaticano e à Basílica de São Pedro. Loucura sagrada / porque Deus atiçava o fogo / que os bombeiros, em vão /tentavam extinguir.

 

Eduardo Hoornaert – 17/12/2019

Escrito no início de março de 1965, um ano depois da posse de […]

Quando Helder Câmara capta a dor do mundo

Chuva, dá um jeito / De abrir goteiras /Em todo o meu corpo, De gelar meus ossos, /De alagar a minha alma. Mas deixe em paz /Os mocambos de minha gente / Que precisa descansar / Da realidade triste / E esquecer no sono / A fome impertinente

 

Eduardo Hoornaert

[…]