O padre Arrupe viveu a bomba atômica de Hiroshima

Messenger – Grupo de Comunicação Loyola – 7 de agosto de 2020

Poucas crônicas de acontecimentos históricos logram uma carga testemunhal como o texto “Eu vivi a bomba atômica” , do padre jesuíta Pedro Arrupe, publicado em 1952.

Naquele dia, 6 de agosto de 1945, o jovem religioso […]