Prefeito da Doutrina da Fé pede para que padre irlandês, defensor da ordenação de mulheres, faça os juramentos de fidelidade aos ensinamentos da Igreja

 Joshua J. McElwee – 23 Setembro 2020 – Foto: https://connachttribune.ie

O prefeito da poderosa Congregação para a Doutrina da Fé do Vaticano defendeu o pedido de seu escritório para que Tony Flannery, padre irlandês, assinasse quatro juramentos estritos de fidelidade aos ensinamentos católicos, dizendo que a mudança, embora “muito desagradável”, era parte de seu dever como vigilantes da ortodoxia global da Igreja.

A reportagem é de Joshua J. McElwee, publicada por National Catholic Reporter, 22-09-2020. A tradução é de Wagner Fernandes de Azevedo.

 

Respondendo a uma pergunta do NCR sobre o caso do padre redentorista Tony Flannery, que foi suspenso do ministério por oito anos devido ao seu apoio à ordenação de mulheres, o cardeal Luis Ladaria disse que a Congregação para a Doutrina da Fé “esgotou as possibilidades” de diálogo com o padre.

 

Vatican doctrine czar: We've done everything possible to dialogue with Irish priest

Dom Hollerich: os populismos se afirmam quando a fé não está viva - Vatican News

O Cardeal Ladaria castiga Pe. Flannery por ser a favor da ordenação de mulheres. Fotos: NCA – Vatican News – Já o jesuíta Cardeal Holleric é a favor da ordenação de mulheres. E não foi castigado. Dois pesos e duas medidas? 

 

“Em alguns pontos, tivemos que tomar algumas medidas, que nunca foram um julgamento da pessoa, porque isso é deixado apenas para Nosso Senhor, mas [um julgamento] sobre seus ensinamentos ou seu comportamento”, disse Ladaria.

“Procuramos sempre manter nosso respeito pelo padre Flannery, mas o dever que temos, de acordo com o arranjo da Igreja, é proteger a fé e, portanto, indicar algumas coisas que não estão de acordo com esta ”, disse o cardeal.

Ladaria falava durante uma coletiva de imprensa do Vaticano apresentando um novo documento de sua congregação sobre o ensino católico sobre questões de fim de vida.

  • Flannery revelou o movimento do Vaticano contra ele ao NCR em 15 de setembro,
  • divulgando uma carta da congregação doutrinária e quatro “disposições doutrinárias”que ele foi convidado a afirmar.

Eles consideram as posições oficiais da igreja sobre o sacerdócio exclusivamente masculinorelações homossexuaisuniões civis e identidade de gênero.

O documento original, assinado pelo segundo no comando do escritório do Vaticano, o arcebispo Giacomo Morandi, informava à liderança redentorista em Roma que

  • Flannery “não deveria retornar ao ministério público”
  • se o padre não assinasse os quatro juramentos anexos.

Em uma breve entrevista por telefone após os comentários de LadariaFlannery disse que ficou “quase sem palavras” com a caracterização do cardeal de um diálogo existente entre ele e a congregação do Vaticano.

  • Flannery disse que durante os oito anos de sua suspensão, ele nunca recebeu uma comunicação direta da congregação.
  • Em casos de envolvimento de pessoas que são membros de comunidades religiosas, a congregação normalmente se corresponde apenas com o superior religioso da pessoa.

“O que foi dito é muito diferente da minha experiência com eles”, disse Flannery. “Em nenhum momento em oito anos eles se comunicaram diretamente comigo”.

“Estou um pouco chocado com a ousadia dele [Ladaria]”, disse o padre. “Realmente tem tão pouca relação com a realidade”.

Flannery é um popular escritor irlandês, pregador de retiros e, anteriormente, pároco. Ele foi removido do ministério público em fevereiro de 2012 depois que a congregação do Vaticano expressou preocupação com uma série de colunas que ele havia escrito para a Reality, uma revista redentorista publicada na Irlanda.

A suspensão contínua do padre

Ladaria disse que sua Congregação tem a responsabilidade de fazer cumprir os ensinamentos da Igreja.

“Esta é uma responsabilidade muito desagradável para a Congregação para a Doutrina da Fé”, disse o cardeal, repetindo: “Muito desagradável”.

“Mas é nossa responsabilidade e seria uma falta da nossa parte se não exercêssemos esta responsabilidade, se a empurrássemos para o lado e não disséssemos nada quando às vezes, infelizmente, é necessário”,

disse Ladaria.

 

.

Joshua J. McElwee

Fonte:  http://www.ihu.unisinos.br/603091-prefeito-da-doutrina-da-fe-pede-para-que-padre-irlandes-defensor-da-ordenacao-de-mulheres-faca-os-juramentos-de-fidelidade-aos-ensinamentos-da-igreja

 

Leia mais:

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>