Personalidades lançam manifesto pela defesa da vida, da liberdade e da democracia

Manifesto a favor da vida, da liberdade e da democracia é lançado com 6 mil assinaturas
Por G1 – 

Um grupo até aqui com seis mil assinaturas

  • de personalidades do mundo cultural, político, social e empresarial,
  • de esquerda, centro e direita
  • lançou neste sábado (30) um manifesto em defesa da vida, da liberdade e da democracia.

movimento “Estamos Juntos” divulgou o texto nos principais jornais do país.

O texto pede que

“os representantes e lideranças políticas exerçam com afinco e dignidade seu papel diante da devastadora crise sanitária, política e econômica que atravessa o país”.

Em outro trecho, os manifestantes dizem que são

“mais de dois terços da população do Brasil e invocam que partidos, seus líderes e candidatos agora deixem de lado projetos individuais de poder em favor de um projeto comum de país”.

O movimento também afirma que forma uma frente ampla e diversa, suprapartidária, que valoriza a política e trabalha para que a sociedade responda de maneira mais madura, consciente e eficaz aos crimes e desmandos de qualquer governo.

Diz ainda que:

“É hora de deixar de lado velhas disputas em busca do bem comum. 

Esquerda, centro e direita unidos para defender a lei, a ordem, a política, a ética, as famílias, o voto, a ciência, a verdade, o respeito e a valorização da diversidade, a liberdade de imprensa, a importância da arte, a preservação do meio ambiente e a responsabilidade na economia”.

E termina:

“Queremos combater o ódio e a apatia com afeto, informação, união e esperança”.

Leia a seguir a íntegra do manifesto e veja os signatários aqui:

********************

MANIFESTO ESTAMOS #JUNTOS

Brasil, 29 de maio de 2020

Somos cidadãs, cidadãos, empresas, organizações e instituições brasileiras e fazemos parte da maioria que defende a vida, a liberdade e a democracia.

Somos a maioria e exigimos que

  • nossos representantes e lideranças políticas exerçam com afinco e dignidade
  • seu papel diante da devastadora crise sanitária, política e econômica que atravessa o país.

Somos a maioria de brasileiras e brasileiros que apoia a independência dos poderes da República e clamamos que

  • lideranças partidárias, prefeitos, governadores, vereadores, deputados, senadores, procuradores e juízes
  • assumam a responsabilidade de unir a pátria
  • e resgatar nossa identidade como nação.

Somos mais de dois terços da população do Brasil e invocamos que partidos, seus líderes e candidatos agora deixem de lado projetos individuais de poder em favor de um projeto comum de país.

Somos muitos, estamos juntos,

  • e formamos uma frente ampla e diversa, suprapartidária,
  • que valoriza a política
  • e trabalha para que a sociedade responda de maneira mais madura, consciente e eficaz aos crimes e desmandos de qualquer governo.

Como aconteceu no movimento Diretas Já, é hora de deixar de lado velhas disputas em busca do bem comum.

Esquerda, centro e direita unidos para defender

  • a lei, a ordem, a política, a ética, as famílias,
  • o voto, a ciência, a verdade, o respeito e a valorização da diversidade, a liberdade de imprensa
  • a importância da arte, a preservação do meio ambiente e a responsabilidade na economia.

Defendemos uma administração pública

  • reverente à Constituição,
  • audaz no combate à corrupção e à desigualdade,
  • verdadeiramente comprometida com a educação, a segurança e a saúde da população.

Defendemos um país mais desenvolvido, mais feliz e mais justo.

Temos ideias e opiniões diferentes, mas comungamos dos mesmos princípios éticos e democráticos. Queremos combater o ódio e a apatia com afeto, informação, união e esperança.

Vamos #JUNTOS sonhar e fazer um Brasil que nos traga de volta a alegria e o orgulho de ser brasileiro.

Jornal Nacional

Fonte: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2020/05/30/personalidades-lancam-manifesto-em-defesa-da-vida-da-liberdade-e-da-democracia.ghtml

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>