The Economist: ‘Bolsonaro se isola do jeito errado e tem ciúme de Mandetta’

Charge publicada pela revista britânica The Economist - reprodução/The Economist

Do UOL, em São Paulo – 09/04/2020 – Imagem: Charge publicada pela revista britânica The Economist Imagem: reprodução/The Economist

“Jair Bolsonaro se isola do jeito errado”, anuncia o título, acompanhado de uma charge. A ilustração mostra o presidente da República afundando a cabeça em um lago, que, na verdade, é o centro da bandeira do Brasil.

“Um a um, os negacionistas fizeram suas pazes com a ciência e a medicina. Somente quatro líderes do mundo continuam negando a ameaça de saúde pública da covid-19”,

relata a revista, citando Bielorrussia, Turcomenistão — que proibiu o uso da palavra “coronavírus” —, Nicarágua e Brasil.

Para o autor, o presidente demonstra sentir

“ciúme da popularidade crescente de um ministro que, na visão dele, precisa ser mais humilde”;

além disso, a The Economist opina que o governo parece tratar Bolsonaro como um “familiar difícil de lidar e com sinais de insanidade”, ao passo em que conta com o apoio de

“um pequeno círculo de fanáticos ideológicos que inclui seus três filhos, a fé de evangélicos e pela falta de informação de muitos brasileiros sobre o coronavírus”.

Na última semana de março, a revista já havia criticado Bolsonaro pelo tratamento dado à pandemia.

O texto em questão acusava o presidente da República de ser “complacente” com o vírus e agir como “um dos vetores da doença covid-19”. 

 

UOL

Fonte:  https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/04/09/the-economist-bolsonaro-se-isola-do-jeito-errado-e-tem-ciume-de-mandetta.htm

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>