“Os vírus no Vaticano são outros … ” Francisco não teme o coronavírus


“I virus in Vaticano sono altri...

Maria Antonietta Calabrò, 28/02/20

Foto: Albertro Pizzoli via Getty mages

Tradução: Orlando Almeida

 A resposta do Pontífice a quem o aconselham a se proteger  da epidemia. Um forte resfriado força-o, pelo segundo dia consecutivo, a cancelar todos os compromissos oficiais

 

 Hoje é o segundo dia em que o papa Francisco cancelou as audiências oficiais devido a um forte resfriado, mas ele continuou a seguir a sua agenda de compromissos previstos na casa de Santa Marta, a residência onde vive desde a sua eleição. A começar pela missa da manhã, após a qual – sublinhou uma declaração do porta-voz da Sala de Imprensa do Vaticano, Matteo Bruni – o papa saudou os participantes pessoalmente como de costume. Como a dizer: “não é contagioso”.

Um esclarecimento que joga água no fogo das loucuras que se desencadearam na web, mas também nos artigos da imprensa, em particular a anglo-saxônica, onde sutilmente se relacionava a doença do papa com a explosão do coronavírus na Itália.

“Os vírus no Vaticano são outros”,

replicou Francisco com franqueza, respondendo aos seus colaboradores que lhe pediam   para se resguardar. E assim, na quarta-feira, apesar da idade e de uma forte coriza, ele apresentou-se como de costume para a audiência geral que (também para evitar possíveis contágios) tinha sido confirmada ao ar livre na praça de São Pedro (e não dentro da sala Nervi), apesar das rajadas de vento.

Frio e vento que pioraram a situação de saúde do papa, tanto que, à tarde, na celebração da imposição das cinzas na basílica de Santa Sabina, o papa assoava vistosamente o nariz e falava com uma voz enfraquecida e muito rouca.

Uma compromisso, o da imposição das Cinzas (cancelado ou reduzido em muitas igrejas no norte da Itália devido à infecção por coronavírus), que o Papa Bergoglio quis manter a todo o custo, por marcar o início da Quaresma.

Mas na manhã seguinte (quinta-feira 26),

  • ele foi obrigado a permanecer em Santa Marta, numa espécie de mini-quarentena,
  • e não se deslocou à basílica de Latrão para os exercícios espirituais do clero romano, confiando a leitura de seu discurso ao cardeal Vigário de Roma, Angelo De Donatis.

Também hoje, no plenário da Academia para a Vida, o seu discurso foi lido pelo arcebispo Vincenzo Paglia, diante dos participantes de uma conferência sobre Ética e Inteligência artificial (AI), durante a qual Microsoft, IBM, Vaticano e FAO assinaram um memorando.

No entanto, a doença sazonal não impediu o Papa Francisco de receber nesta manhã os managers da Microsoft Corp, da International Business Machines Corp e de outras empresas de TI participantes.

Em suma, o papa, embora doente, está trabalhando. Apesar de, na web, se continuar a espalhar a loucura de atribuir ao coronavírus a sua indisposição, que inclusive teria sido originada pelo contato com uma fiel chinesa (primeiro empurrada, depois saudada brevemente, por ocasião de uma audiência das quartas-feiras).

  • Uma parte do pulmão de Francisco foi removida quando ele era jovem, após ter contraído a tuberculose.
  • Também sofre de ciática, motivo pelo qual faz fisioterapia regularmente e que explica por que tem dificuldade em subir as escadas.
  • Mas de modo geral ele está bem de saúde.

Quanto aos vírus da Igreja no seu discurso aos padres romanos (ou seja, os da sua diocese), acerca dos “pecados públicos e publicados do clero”, o papa disse:

“Diante dos escândalos, o maligno tenta empurrar-nos para uma visão ‘donatista’ da Igreja:

  • dentro dela os impecáveis,
  • fora dela quem erra!

Temos falsas concepções… numa espécie de puritanismo eclesiológico.

  • A Noiva de Cristo é e continua sendo o campo em que o trigo e o joio crescem até à parusia.
  • Quem não faz sua esta visão evangélica da realidade, expõe-se a amarguras indizíveis e inúteis”. 

Foi um discurso de teor semelhante ao proferido durante a abertura do ano judiciário penal do Vaticano, em 15 de fevereiro, quando deixou claro que a história da compra do imóvel de Londres continua sendo um nervo exposto, mas que na Igreja, de qualquer forma, trigo e joio permanecerão juntos até o fim dos tempos.

 

 Resultado de imagem para Maria Antonietta Calabrò

Maria Antonietta Calabrò

Fonte: https://www.huffingtonpost.it/entry/papa-francesco-virus-vaticano_it_5e5919bac5b60102210f864a?utm_hp_ref=it-homepage

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>