CARTA ABERTA ÀS COMUNIDADES DA PARÓQUIA SÃO DANIEL COMBONI SOBRE O ATUAL MOMENTO POLÍTICO

Cláudio Bombieri, 12/10/2018 

O que está em jogo nessa eleição presidencial são dois projetos distintos e antagônicos de nação, e não simplesmente uma disputa de dois políticos. Cabe a cada pessoa séria conhecer, indagar, e analisar de forma crítica as propostas que estão em disputa.
Não podemos nos deixar conduzir pelas inúmeras e falsas informações (Fake news) que vêm sendo espalhadas irresponsavelmente pelas redes sociais, a não ser que reproduzam fielmente as declarações dos ‘próprios candidatos’!

Prezad@s, que o ‘Príncipe da paz’ reine no nosso coração e no nosso meio.
Sentimos que não podemos permanecer omissos diante do momento político crucial pelo qual o nosso País está passando. Não podemos deixar de manifestar o nosso pensamento diante do preocupante acirramento de ânimos que permeia as relações sociais e humanas, inclusive na nossa paróquia.
Respeitamos a autonomia da consciência de cada pessoa, e não cabe a nós induzir ou pressionar em qual candidato votar. Fieis, no entanto, às orientações da coordenação nacional da CNBB, aos inúmeros apelos do papa Francisco e aos valores evangélicos queremos que fique claro, e registrado, qual é a nossa posição como humildes pastores dessa paróquia.
1. O que está em jogo nessa eleição presidencial são dois projetos distintos e antagônicos de nação, e não simplesmente uma disputa de dois políticos. Cabe a cada pessoa séria
  • conhecer,
  • indagar,
  • e analisar de forma crítica
  • as propostas que estão em disputa.

Não podemos nos deixar conduzir pelas inúmeras e falsas informações (Fake news) que vêm sendo espalhadas irresponsavelmente pelas redes sociais, a não ser que reproduzam fielmente as declarações dos ‘próprios candidatos’!

É nosso dever de pastoresnos colocar na situação de milhões de pais de família e de pobres, e verificarmos qual desses projetos representados pelos dois candidatos garante

  • mais proteção,
  • mais inclusão social e econômica,
  • mais respeito aos direitos conquistados a duras penas ao longo de tantos anos para todas as pessoas.
2. Não costumamos tomar nossas decisões influenciados pelo ‘efeito manada’, – e ir aonde a maioria parece ir. Nem tampouco escolher um candidato
  • por simpatias pessoais,
  • por sugestão divina,
  • ou simplesmente pelo medo irracional e ingênuo de supostos fantasmas de regimes comunistas que nunca vingaram até hoje nesse País.

Principalmente no Brasil em que já tivemos, e temos, governos estaduais dirigidos por partidos de esquerda que, em momento algum, ameaçaram a democracia e os valores cristãos.

3. Ficamos espantados, isso sim, com a nova configuração do congresso nacional. Mais uma vez os ricaços desse País, denominados deputados da Bala, do Boi, e da Bíblia possuem, mais uma vez, ampla maioria. Esses deputados já escolheram o seu candidato a presidente, e o projeto de nação que irão apoiar:
  • contra os trabalhadores,
  • contra a educação e a saúde gratuita e universal,
  • contra uma aposentadoria que não premia quem produziu ao longo de muitos anos com suor e sangue,
  • contra a taxação das grandes fortunas,
  • entre outros.

Eles foram votados poucos dias atrás pelas suas próprias vítimas, incautas e desinformadas que, mais uma vez, sofrerão as consequências dessa sua escolha.

4. Esse poderoso bloco apoia, hoje, decididamente, um candidato que encarna claramente o fim da liberdade e de tantos direitos, utilizando-se, de forma hipócrita, da bandeira da defesa da segurança, da família, da vida, de Deus, mas provando, na prática, uma moral familiar desajustada, 
  • incentivando o comércio e a utilização de armas contra opositores e supostos bandidos,
  • apelando à tortura,
  • debochando dos direitos humanos e das opções sexuais das pessoas,
  • entre outras.

Ele está praticando um verdadeiro estelionato espiritual iludindo e enganando muitos cristãos, pois ele sim, renega os valores centrais pregados por Jesus de Nazaré e pela nossa igreja católica!

5. Condenamos, enfim, veementemente, as agressões físicas e verbais que os apoiadores desse caudilho e do bloco do atraso vêm praticando, impunemente, no Brasil, de Norte a Sul contra aqueles cidadãos que resistem à sua metodologia nefasta.
Lamentamos que não haja havido até agora punição exemplar para esses criminosos! Foi assim que começou o fascismo na Itália e o nazismo na Alemanha! O que está em jogo é
  • uma nação civilizada
  • ou um povo refém da barbárie.

Nós padres dessa Paróquia não queremos ser acusados de cumplicidade ou de omissão nos próximos meses!

Temos consciência, enfim, que
  • não existem messias,
  • nem presidentes operadores de mudanças milagrosas.

Só uma nação organizada e consciente de seus direitos poderá garantir para si mesma segurança, democracia e paz! Que o Espírito da liberdade, e não do medo, nos conduza com a sua sabedoria, e que não desistamos de lutar, sem medo, por direitos e justiça social!

Pe. Cláudio Bombieri e padre Raimundo Rocha
São Luís, 12 de outubro de 2018 – Festa de Nª Sra. Aparecida

1 comment to CARTA ABERTA ÀS COMUNIDADES DA PARÓQUIA SÃO DANIEL COMBONI SOBRE O ATUAL MOMENTO POLÍTICO

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>