Congresso sobre pedofilia online, presentes também os “big” da web

Este problema global requer uma solução global

IACOPO SCARAMUZZI -29/09/17

Foto: O interior da Pontifícia Universidade Gregoriana

Representantes da Microsoft, Facebook e Google esperados no congresso “Child Dignity in the Digital World”, que se realiza de 3 a 6 de outubro no Ateneu dos jesuítas.

Na sexta-feira audiência com o Papa

Tradução: Orlando Almeida

O “primeiro congresso global” sobre a pedofilia online acontecerá de 3 a 6 de outubro (terça a sexta-feira próximas) na Pontifícia Universidade Gregoriana, com a participação de, entre outros,

  • representantes da Microsoft, Facebook e Google,
  • além de acadêmicos e especialistas,
  • de expoentes das forças da ordem,
  • das ONGs
  • e das religiões dos vários continentes.

Sexta-feira, ao meio-dia, os 150 participantes serão recebidos em audiência pelo Papa Francisco.

“Todos nós temos que cooperar para um mundo seguro para as crianças. Os jovens não percebem os riscos que enfrentam” – disse, durante um ‘briefing’ na Sala de Imprensa do Vaticano, o jesuíta alemão Hans Zollner, presidente do Centro de Proteção da Criança que faz parte do mesmo Ateneu romano dos jesuítas que organizou o evento.

“Há todo um trabalho preventivo a fazer. Obviamente, há também trabalho punitivo para aqueles que divulgam imagens de menores e que não cumprem as leis dos Estados e dos acordos internacionais”.

A Igreja “vivenciou dolorosamente este problema e por isso tem uma sensibilidade e uma consciência do tema” – explicou o padre Federico Lombardi.

“A juventude é e sempre foi muito importante para nós” – continuou o ex-porta-voz do Vaticano, explicando que a convocação da Gregoriana, “convocação aberta”, internacional e interdisciplinar, nasce da ideia básica de que “ninguém pode enfrentar sozinho um problema deste tipo, nem governos nem polícias, nem educadores nem empresas”.

Crianças e adolescentes representam mais de um quarto dos 3,2 bilhões de usuários de internet no mundo. Esta geração de mais de 800 milhões de jovens está exposta ao risco de se tornar uma vítima de

  • sextortion [extorsão sexual],
  • sexting [mensagens sexuais],
  • ‘ciberbulismo’ [assédio virtual]
  • e assédios,

explicam os organizadores. Este problema global requer uma solução global.

“Child Dignity in the Digital World” [Dignidade infantil no mundo digital], tal é  o nome do evento, é o primeiro congresso global do seu gênero e reunirá os stakeholder [partes interessadas] e os líderes internacionais dos setores pertinentes. “Todos os que nós convidámos aceitaram participar” – disse Zollner.

Na abertura, no dia 3 de outubro (terça-feira), às 16 horas da tarde, haverá uma saudação introdutória do padre Zollner, do reitor da Universidade Gregoriana, Nuno da Silva Gonçalves, e do superior geral da Companhia de Jesus, Arturo Sosa.

Em seguida falarão o presidente do Senado, Pietro Grasso, e a ministra italiana da Educação Pública, Valeria Fedeli. Depois o professor Ernesto Caffo, fundador do Telefone Azul e professor da Universidade de Modena e Reggio Emilia, apresentará o programa do congresso. Por último tomarão a palavra o cardeal secretário de Estado, Pietro Parolin, e a baronesa Joanna Shields, fundadora da organização britânica WeProtect Global Alliance. (foto-logo)

 

Na de terça-feira de manhã, terão lugar as várias sessões sobre temáticas específicas:

  • os resultados da pesquisa sobre os abusos sexuais de menores on-line, uma aprofundamento sobre o perfil dos abusadores,
  • a pornografia na internet e o seu impacto sobre as crianças,
  • as possíveis respostas ao problema da pedofilia online,
  • as políticas e as legislação nacionais sobre a matéria,
  • o papel da mídia, das empresas de internet, da sociedade e da Igreja.

O  congresso será concluído com uma declaração final, que será entregue ao Papa no dia seguinte, sexta-feira, às 12 horas.

O evento será apresentado na Universidade Gregoriana – que em 2012 organizou um congresso sobre pedofilia na Igreja intitulado “Towards Healing and Renewal” [Rumo à cura e renovação] – na próxima segunda-feira, 2 de outubro, ao meio-dia, com uma conferência de  imprensa da qual participarão os membros do Steering commitee [Comitê de Direção] do Congresso: além dos jesuítas Zollner e Lombardi, Ernesto Caffo, Ernie Allen, Chefe do Conselho Consultivo Internacional da WeProtect Global Alliance, e a baronesa Shields.

O congresso possui uma sala de imprensa, um site, www.childdignity2017.org  childdignity2017.org e um hastag #ChildDignity, e as sessões plenárias, de manhã, serão transmitidas em streaming [em tempo real] pelo canal You Tube do site.

Nos workshops da tarde, a portas fechadas, serão discutidos temas surgidos pela manhã em grupos de composição mista, ou seja, cada grupo será composto por participantes diferentes por competência e proveniência geográfica. O idioma oficial será o inglês.

 

 

IACOPO SCARAMUZZI

http://www.lastampa.it/2017/09/29/vaticaninsider/ita/vaticano/congresso-sulla-pedofilia-online-alla-gregoriana-anche-i-big-del-web-MwQgmqX5lgUM1qLQGbi3tJ/pagina.html

 

 

 

Leia Mais:

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>