11 anos da morte da Irmã Dorothy

5Gente Boa, façamos memória! Dia 12 de fevereiro de 2016, fazem 11 anos da nova vida da Dorothy.

Nós, Irmãs de Notre Dame de Namur da comunidade do Ceará, celebramos dia 10 de fevereiro, antes da viagem da Maria Alice. Estamos em sintonia com todas as pessoas que hoje estão fazendo a memória, de modo especial, o povo de Anapu no Pará. Aqui partilhamos o esquema de nossa celebração para quem quiser utilizá-lo.

12 de fevereiro é o dia da memória dos 11 anos do assassinato da Irmã Dorothy Stang.

A pergunta que ressoa em Anapu, no Pará, no Maranhão, no Ceará e em tantos lugares deste nosso Brasil: até quando? Até quando o sangue de mulheres, homens, jovens negros, indígenas, camponeses, camponesas, quilombolas continuarão a ensopar de sangue os processos e as lutas pela direito sagrado a um pedaço de terra?

O dia 12 de fevereiro vamos lembrar Dorothy no 11º aniversário do assassinato dela. Quando ela foi morta veio o exército, Ministério público, Polícia Federal, Polícia Civil e mais outros para fazer JUSTIÇA. Dizemos, esta justiça tem que ser para todo mundo, todo mundo. Em 2015 foram assassinados mais gente na luta pela terra livre para o pequeno agricultor, para agricultura familiar. mas para estas pessoas a justiça está sumida. no 12 vamos lembrar de cinco pessoas assassinadas brutalmente em Anapu, todos ligado com ocupação de terras que deviam ser para o povo, terras públicas. Até hoje não tem ninguém preso para responder a estas mortes. Hércules: Presente! Jesusmar: Presente! Ivanzinho: Presente! Zé da Lapada: Presente! Cosme: Presente! Eles ressuscitaram na luta pela justiça.

Ela e tantos outros e outras não sonhavam com 7 palmos de terra e um caixão, não! Lutaram junto a um coletivo pelo direito a um chão para plantar, colher e cuidar de nossas florestas, de nosso bioma, da nossa única casa comum- que temos a responsabilidade de cuidar bem.
Neste cartaz Dorothy vem- infelizmente- acompanhada com mais cinco homens que tombaram na luta em Anapu. Tem gente que tentar dizer que o assassinato deles não tinha nada a ver com a luta agrária, mero engano, tudo está interligado. Isso só em Anapu, imagine se o cartaz colocasse todos os rosto das pessoas assassinadas desde de 2005 ou até antes? Imaginem. A gente quer que o rosto tão conhecido da Irmã Dorothy no Brasil e fora daqui dê visibilidade a todos os anônimos e anônimas que tombaram e não foram manchetes de jornais como ela. Que ela os tornem visíveis e que o grito por justiça ressoe!

Celebração das Irmãs de Notre Dame de Namur- Comunidade do Ceará- 2016


Celebrar: FAZER MEMÓRIA!

Salmo da pessoa que vê a realidade e não se cala

 Ouve, Senhor, estes versos que eu te rezo/ ao contemplar a realidade em que vivo.

Maldito o sistema que não deixa os poetas sonharem/ nem permite a quem pensa dizer a verdade.
Serão seus dias de luto e lamento/ porque matou no ser humano o mais digno.

Maldito o sistema que não pratica a justiça, e persegue, tortura, encarcera quem anuncia;/ terá que justificar sua conduta ante a história e não encontrará nenhuma defesa.

Maldito o sistema que só procura a aparência de grandeza, quando as pessoas estão morrendo de fome
nas suas fronteiras; do mesmo modo que progrediu cairá, porque construiu seus alicerces sobre corpos vivos e sangue de inocentes.

Maldito sistema que tenta matar no ser humano a dimensão da transcendência e coloca no seu lugar “o deus dinheiro”, “o deus sexo”, “o deus progresso”; destruir-se-á por dentro irremissivelmente, porque o coração do ser humano foi bem feito e ninguém pode matar em nós esta sede de infinito que nos queima.

Feliz será, porém, a pessoa que bebe água na fonte da praça junto ao povo; não terá motivos para se envergonhar de nada.

Bem Aventurança

 “ Em Marcha!

1  E vendo as multidões,
ele sobe na montanha e se senta.
Seus adeptos se aproximam.

2  Ele abre a boca, ensina-os e diz:

“Em marcha, humilhados do sopro!
Sim, deles é o reino dos céus!

Em marcha, os enlutados!
Sim, eles serão reconfortados!

Em marcha, os humildes!  Sim, eles herdarão a terra!

Em marcha, os famintos e os sedentos de justiça!
Sim, eles serão saciados!
Em marcha os matriciais! Sim, eles serão matriciados!

Em marcha, os corações puros! Sim, eles verão Elohîm!
Em marcha, os pacificadores!
Sim, eles serão chamados filhos de Elohîm.

Em marcha, os perseguidos por causa da justiça!Sim, deles é o reino dos céus!

Em marcha, quando vos insultam
e vos perseguem,
e mentindo vos acusam de todo crime,
por minha causa.

Regozijai-vos, exultai! Vossa recompensa é grande nos céus!
Assim também perseguiram os inspirados,
os que vieram antes de vós.

Vós, vós sois o sal da terra.
Mas se o sal enlouquecer, com que salgá-lo?
Ele não é útil para mais nada,
senão para ser jogado fora
e pisado pelos homens.

Vós, vós sois a luz do universo;
uma cidade situada sobre uma montanha
não pode ser escondida.

Ninguém acende uma lâmpada
colocando-a sobre o alqueire,
mas sobre o lampadário,
onde ela reluz para todos na casa.

Assim, que vossa luz resplandeça
diante dos homens;
eles verão vossas bela obras,
e glorificarão vosso pai dos céus.

(…) ”

Partilha

 Oração Final

 Oração que a Dorothy rezava  todos os dias ao se levantar:

“Desperte de seu sono!
Levante de sua inércia!
Desça de sua cruz!
Suba para o seu trono!
Rasgue o véu de seu templo!
Fique de pé na luz!
Porque teu espírito nunca deve estar na escuridão.
Vamos juntar nossas mãos com todas e todos que sempre lutam.
E então você irá encontrar seu verdadeiro espírito.
E lá você irá encontrar o Espírito Santo.”

Fonte: Enviado, via e-mail, por Ir. Lucyane Diniz :  lucyaned@hotmail.com

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>