Igreja: Porta-voz do Vaticano confirma passagem do Papa por Cuba antes de visita aos EUA

Lusa/Bento XVI em Havana, 28.03.2012

Viagem de Francisco marcada para setembro
Foto Lusa/Bento XVI em Havana, 28.03.2012

Cidade do Vaticano, 22 abr 2015 (Ecclesia) – O porta-voz do Vaticano confirmou hoje que o Papa vai fazer uma passagem por Cuba antes da sua próxima viagem aos Estados Unidos da América, em setembro deste ano.

Agência Ecclesia – 22 de Abril de 2015, às 13:44
“Posso confirmar que o Santo Padre Francisco, tendo recebido e aceitado o convite por parte das autoridades civis e dos bispos de Cuba, decidiu efetuar uma etapa nesta ilha, antes de chegar aos Estados Unidos”, assinala o padre Federico Lombardi, em nota divulgada pela sala de imprensa da Santa Sé.Francisco vai encontrar-se no dia 23 de setembro com o presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, numa visita integrada na deslocação que o Papa vai fazer àquele país.

Esta deslocação está enquadrada na participação do pontífice argentino no 7.º Encontro Mundial das Famílias, marcado para a cidade norte-americana de Filadélfia, entre 22 e 27 de setembro.

Durante a sua estadia nos EUA, o Papa tem já também confirmada uma deslocação à sede das Nações Unidas, a 25 de setembro, e um discurso no Congresso norte-americano, no dia anterior.

Francisco será o quarto Papa a visitar os Estados Unidos da América, depois de Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI.

Este último visitou Cuba em março de 2012, 14 anos depois da passagem de João Paulo II, primeiro pontífice a visitar a ilha.

Francisco elogiou em janeiro deste ano os sinais de diálogo entre os Estados Unidos da América e Cuba, mostrando a sua satisfação perante a vontade manifestada pela administração norte-americana de “fechar definitivamente a prisão de Guantánamo”.

Os Estados Unidos da América e Cuba anunciaram em dezembro de 2014 a decisão de restabelecer as relações diplomáticas e económicas entre os dois países, que tinham sido cortadas em 1961, pouco depois de chegada ao poder de Fidel Castro.

Segundo o presidente norte-americano, Barack Obama, o Vaticano e o próprio Papa Francisco intervieram diretamente neste processo, pedindo às duas partes que restabelecessem o diálogo e promovessem mudanças.

Raúl Castro, por sua vez, elogiou o papel do Papa Francisco e do Vaticano, que acolheram o encontro conclusivo de 18 meses de conversações decorridas em segredo.

OC

 

FONTE: http://www.agencia.ecclesia.pt/noticias/vaticano/vaticano-papa-estuda-passagem-por-cuba-antes-de-viagem-aos-eua/

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>