Mensagem do Papa para a campanha «Uma só família humana, alimento para todos»

PobrezaCaros irmãos e irmãs, Sinto-me feliz por vos poder anunciar o arranque da campanha mundial contra a fome no mundo, promovida pela Caritas Internationalis e dizer-vos que é minha intenção dar-lhe todo o meu apoio.Esta confederação, em conjunto com as 164 organizações que a ela pertencem, está hoje empenhada em 200 países e territórios de todo o mundo e o seu trabalho está no coração da missão da Igreja e da sua atenção para todos os que sofrem devido ao escândalo da fome, aqueles com quem o Senhor se identificou quando disse: “Eu tive fome e tu deste-me de comer”.Quando os apóstolos disseram a Jesus que as pessoas que se juntavam para ouvir as suas palavras estavam com fome, ele incentivou-os a procurarem comida. Como eles também eram pobres, apenas encontraram cinco pães e dois peixes, mas, com a graça de Deus, conseguiram alimentar uma multidão de pessoas e chegou-se mesmo a recolher o que tinha sobrado para evitar o desperdício.

Estamos perante um escândalo mundial que afeta quase mil milhões. Mil milhões de pessoas que ainda hoje passam fome: Não podemos virar o nosso olhar para o lado e fingir que esta realidade não existe. Os alimentos que existem disponíveis no mundo seriam suficientes para alimentar todos.

A parábola da multiplicação dos pães e dos peixes ensina-nos exatamente isto: se existir vontade, aquilo que temos nunca acaba. Pelo contrário, sobeja e não se perde!

Por isso, queridos irmãos e irmãs, convido-vos a encontrar espaço nos vossos corações para esta emergência, respeitando este direito que Deus deu a todos e que é o direito a ter acesso a uma alimentação adequada.

Partilhemos aquilo que temos, numa atitude de caridade cristã, com todos os que são obrigados a enfrentar numerosos obstáculos para poder satisfazer uma necessidade tão primária e, ao mesmo tempo, sejamos promotores de uma autêntica cooperação com os pobres para que através dos frutos do seu e do nosso trabalho possamos viver uma vida digna.

Convido todas as instituições do mundo, toda a Igreja e cada um de nós, como uma só família humana, a dar voz a todas as pessoas que sofrem silenciosamente por causa da fome, para que estas vozes se transformem num rugido capaz de fazer o mundo tremer.

Esta campanha quer ser também um convite a cada um de nós, para que tenhamos consciência da forma como escolhemos os nossos alimentos, que muitas vezes leva ao desperdício alimentar e a um mau uso dos recursos disponíveis. É também um apelo para que deixemos de pensar que as nossas ações diárias não têm um impacto direto naqueles que, longe ou perto, sofrem os efeitos da fome na sua própria pele.

Peço-vos, do fundo do coração, que apoiem a nossa Cáritas nesta campanha, para agir como uma só família, empenhada em assegurar alimentos para todos.

Rezemos para que o Senhor nos dê a graça de ver um mundo no qual não haja mais ninguém a morrer de fome. E, pedindo por esta intenção, vos dou a minha bênção.

Fonte: http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?id=98128

 

 

 

1 comment to Mensagem do Papa para a campanha «Uma só família humana, alimento para todos»

  • Esta questão da fome ainda presente na humanidade é uma vergonha e falta de consciência para com os nossos irmãos e irmãs! O desperdício e a má distribuição dos alimentos associados à ganância de uns poucos sobre a ambição de amealhar sempre mais, constituem o maior pecado do vício da avareza personificado em suas atitudes! Combatamos esta praga onde a encontramos!

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>