Vila São João, Apipucos

Um belo testemunho de nossos colegas e amigos Bernardo Eyre e Marta Isabel sobre sua Pastoral da Criança, em Vila São João, Apipucos, Recife

Como este, do Recife ao Acre e do Amapá ao Rio Grande do Sul, muitos casais do MPC estão empenhados em vários tipos de trabalhos concretos, direta ou indiretamente pastorais, de voluntariado, em escolas, institutos, ongs, etc.

E como seria bom se começássemos a noticiá-los, sinteticamente, um uma ou duas páginas, e a publicá-los em nossos meios oficiais de comunicação:

– Jornal Rumos

– Site: www.padrescasados.org 

– E-grupo: padrescasados@grupos.com.br   

Esta ideia já foi ventilada várias vezes  em nossos Encontros Nacionais e no nosso e-grupo, mas ainda não atingiu a massa crítica suficiente para começar a ser efetivada. Está aí uma sugestão concreta fácil de realizar, com um pouco de boa vontade.

As experiências e realizações pastorais e/ou de solidariedade, podem ser relatadas tanto por quem as leva avante, como por qualquer outro colega do MFPC local. Sei de várias, em vários estados, em pastoral direta (catequese, liturgia, evangelização, grupos bíblicos, coordenação de pastoral diocesana ou paroquial, animação de Sites diocesanos ou paroquiais, etc.), como também indireta (Nós-Somos-Igreja, CEBI, cooperadores terceiros em ordens religiosas, pastoral da saúde, do menor abandonado, CPT, pastoral carcerária, etc.)

Está na hora de sairmos da moita e mostrarmos o que estamos fazendo de concreto pelo reino de Deus e pelo bem do Brasil em nossas comunidades. As boas notícias têm de ser proclamadas sobre os telhados. Para louvor de Deus e para edificação dos irmãos. Como bem diziam os Romanos: exempla trahunt = os exemplos arrastam. Tanto os maus como os bons.

                                                                                        João Tavares                   

Caro João,

Estou enviando algumas fotos de um trabalho pastoral que eu faço na comunidade Vila São João, Apipucos, Recife.

Sou líder da Pastoral da Criança. Visito as famílias e uma vez por mês a gente faz a Celebração da Vida, onde as crianças são pesadas.

Como líder da Pastoral da Criança faço parte do grande exército de voluntários da Pastoral da Criança cujo número calcula-se em mais de 200.000 no Brasil.

Em Dezembro, preparamos as crianças para uma apresentação sobre o Nascimento de Jesus. Primeiro houve a dramatização do Nascimento de Jesus, em seguida pesamos as crianças e depois teve um pequeno lanche e cada criança recebeu um presente de Natal. (veja as fotos)

Acho muito importante o trabalho da Pastoral da Criança e de modo especial a visita domiciliar nas famílias que o líder deve fazer.

O povo da comunidade da Vila São João já me conhece como “O homem da pastoral”. Eu acho esse título maravilhoso porque eu me sinto alguém que está no mesmo nível deles e não como quando eu era conhecido antigamente como “O senhor vigário”, agora eu visito em nome de Jesus e não como represente da igreja institucional.

Sei que há muitos padres casados fazendo trabalhos pastorais, mas fazemos os trabalhos individualmente. Poderíamos divulgar nossos trabalhos pastorais, e assim todos poderiam saber da existência dos padres casados que têm um emprego para se sustentar e sustentar sua família e além disso, exercem um trabalho voluntário e que ele não é e não será uma despesa para a Igreja.

Se tivesse um outro modelo de padre além do modelo do padre celibatário quem sabe teria mais gente interessado em optar para essa vocação de servir. Por exemplo um padre casado inserido no mundo, com seu emprego e fazendo trabalhos pastorais.

                                                 Bernardo Eyre e Marta Isabel (MFPC Recife)

1 comment to Vila São João, Apipucos

  • Wélison José de Santana

    Presados amigos Bernardo Eyre e Marta Isabel, parabéns pela iniciativa de um trabalho tão necessário para a comunidade. Eu também sou padre, fui ordenado em 2006 pela Arquidiocese de Olinda e Recife (Dom José Cardoso Sobrinho) e o padre da paroquia de Apipucos foi um dos meus formadores (Padre Moises), já fui casado, mas hoje não mais. Quero conhecer mais o trabalho que vocês desenvolvem e ,quem sabe, participar desse Movimento (MFPC). Fone:8893-7821

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>