Bolsonaro recebe apoio de políticos de extrema direita

Deutsche Welle – 01 outubro 2022

Entre os nomes que externaram apoio ao atual presidente está o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, além de parlamentares de países como Portugal, Espanha e Argentina. Filho de Trump também mandou mensagem.

 

Na véspera da eleição e em desvantagem nas pesquisas, o presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu neste sábado (01/10) o apoio de políticos de extrema direita de diferentes países, entre eles do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán.

“Conheci muitos líderes, mas vi poucos tão excepcionais quanto o presidente Bolsonaro. Foi uma grande honra ter visto e aprendido como ele reduziu impostos, estabilizou a economia, reduziu a criminalidade e preparou o Brasil para um futuro brilhante”,

disse Orbán sobre Bolsonaro.

O húngaro também afirmou que, apesar da pressão da esquerda e da globalização, Bolsonaro foi “corajoso”em colocar Deus acima de tudo no Brasil.

  • Orbán, que governa a Hungria desde 2010, foi um dos poucos líderes europeus que compareceu na posse de Bolsonaro, em janeiro de 2019.
  • Recentemente, membros do Parlamento Europeu votaram pela condenação da Hungria por seu resvalo para o autoritarismo.
  • Para os eurodeputados, o país deveria perder o status de democracia plena, passando a ser considerado um “regime híbrido de autocracia eleitoral”.

Em setembro, a Comissão Europeia propôs a suspensão de 65% dos fundos comunitários à Hungriapor alegações de corrupção e violações do Estado de Direito por parte do governo de Orbán.

 

Apoio de parlamentares

Bolsonaro também recebeu apoio de políticos da Europa e da América do Sul e compartilhou alguns vídeos em suas redes sociais.

Em um deles, o deputado português André Ventura, presidente do partido populista de direita Chega, diz que

“em Portugal não temos dúvidas: Jair Bolsonaro é o melhor presidente para os brasileiros”.

“O regresso de Lula da Silva é uma tragédia para os brasileiros, para a América Latina e para os países de língua portuguesa”,afirma o parlamentar.

 

Outro vídeo compartilhado por Bolsonaro foi do deputado espanhol Santiago Abascal, presidente do partido de extrema direita Vox.

“Da Espanha, quero enviar todo o meu apoio ao presidente Bolsonaro, que neste domingo lidera a alternativa dos patriotas, a de nós que queremos nações livres, prósperas e soberanas, contra o comunismo e o globalismo. Avante Brasil e avante Bolsonaro”, afirma Abascal.

O deputado argentino Javier Milei, principal nome da direita libertária na Argentina, disse que a liberdade do Brasil está em jogo nessas eleições.

“É por isso que apoio fortemente Jair Bolsonaro contra a esquerda radical”,afirmou.

Na mesma linha, Bolsonaro recebeu o apoio do ultradireitista chileno José Antonio Kast, do Partido Republicano, que perdeu a disputa pela presidência do Chile para Gabriel Boric.

“Neste domingo, o Brasil joga pela liberdade. Tem sido anos de maior progresso e segurança. Do Chile, desejamos todo o êxito para o presidente Jair Bolsonaro para que derrote mais uma vez a esquerda radical”,

disse Kast no vídeo.

Trump Jr. grava vídeo

Embora não tenha vindo diretamente de um político, outro vídeo empolgou a equipe do atual presidente brasileiro: o de Donald Trump Jr, filho do ex-presidente americano Donald Trump.

“O presidente Bolsonaro, o presidente de vocês, é um grande amigo dos Estados Unidos e a única pessoa que pode parar a disseminação do socialismo e do comunismo na América do Sul”,

destacou, em um vídeo de 13 segundos.

Anteriormente, o ex-presidente republicado já havia manifestado apoio a Bolsonaro.

“O presidente Jair Bolsonaro ama o Brasil acima de todas as coisas. Ele é um homem maravilhoso e tem meu apoio total e completo”,

escreveu Donald Trump em setembro em uma rede social.

  • Na quinta-feira, líderes de vários espectros políticos da Europa haviam externado apoio a Luiz Inácio Lula da Silva, em uma carta.
  • Entre os signatários estavam o ex-presidente da França François Hollande e o ex-primeiro-ministro espanhol José Luis Zapatero.

“Quando a democracia está em perigo, é preciso juntar os divergentes para vencer os antagônicos. É por isso que nós, ex-chefes de Estado e de Governo de diversas tendências políticas, apoiamos a candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República”,

diz o texto.

(Lusa, ots)

Deutsche Welle

Fonte: https://www.dw.com/pt-br/bolsonaro-recebe-apoio-de-politicos-de-extrema-direita/a-63309674

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>