Posts por data

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Categorias

Papa Francisco, católicos neotradicionalistas e o legado de Bento XVI

  “Uma compreensão dinâmica da tradição é o que aterroriza os oponentes do Papa Francisco. Só podemos nos perguntar se eles sabem o quanto os textos papais estão alinhados com a teologia do papa agora aposentado.” 

Massimo Faggioli -17/10/17 -Foto: Canção nova

O Papa Francisco pronunciou em 11/09 último um discurso curto mas de grande alcance, pelo seu significado. Foi a propósito dos 25 anos do Catecismo da Igreja Católica. O texto pode ser lido em português aqui

Entretanto, já esta semana, o historiador italiano Massimo Faggioli, professor da Villanova University, nos Estados Unidos, publicou um artigo de comentário a esse discurso no sítio de La Croix International, 16-10-2017, que publicamos a seguir, recorrendo à tradução feita por Moisés Sbardelotto no site noticioso do Instituto Humanitas da Unisinos, Brasil.  Leia mais →

Povos indígenas e criação: um Sínodo dos Bispos especial para a região Pan-Amazônica

Luis Badilla e Francesco Gagliano16/10/17
Papa Francisco: “A Igreja não está na Amazônia de malas prontas, como aqueles que vêm explorá-la e vão embora”. Uma Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a região Pan-Amazônica será realizado daqui a dois anos, no Vaticano. A Igreja é chamada a “identificar novos caminhos para a evangelização dos indígenas, muitas vezes esquecidos e sem a perspectiva de um futuro sereno, também por causa da crise da floresta amazônica”. Leia mais →

“O Padre: Amor e Sexo no Celibato”

Redação, 18/10/2017

Hoje apresentamos à consideração de nossos leitores o livro “O Padre: Amor e Sexo no Celibato”, de autoria de nosso colega Paulo Jorge Lúcio, padre casado com Sônia, que mora em Alegre, no Espírito Santo.

O autor deixa claro que não prega contra o celibato enquanto dom de Deus, que Ele dá a alguns (não a todos), já que é um carisma. Este celibato é profícuo e fecundo e faz muito bem à Igreja e à sociedade.

A crítica do livro e o que está em discussão aqui é o celibato que não é dádiva de Deus e que, portanto, imposto indiscriminadamente, pode se transformar numa armadilha ou cilada do diabo porquanto se torna uma tentação permanente causadora dos mais graves e variados distúrbios psíquicos, e fonte dos mais variados escândalos.

Leia mais →

UM LIVRO INDISPENSÁVEL

As questões abordadas no novo livro de Miguel Oliveira da Silva não deveriam deixar ninguém indiferente.

Wook.pt - Eutanásia, Suicídio Ajudado, Barrigas de Aluguer

Frei Bento Domingues -15 outubro 2017  Foto divulgação

Na contracapa desde livro de Miguel Oliveira da Silva está escrita a sua motivação.

Perante o alargamento de direitos individuais nos extremos da vida humana, somos responsáveis pelo modo como o Estado assegura ou não a proteção dos mais vulneráveis: os jovens, produtos de tecnologias genéticas e reprodutivas e as pessoas humanas em sofrimento intolerável que reclamam querer morrer.

Leia mais →

Um mundo regido por algoritmos tem potencial de acirrar desigualdades sociais

Resultado de imagem para Um mundo regido por algoritmos tem potencial de acirrar desigualdades sociais

Pedro Doria -14/10/17 – Foto: Algoritmos – IHU

Se há um ponto no qual todos os futuristas concordam é que não vivemos tempos ordinários. Vez por outra ocorre isso: um período duns 50 ou 60 anos em que o mundo vira de cabeça para baixo. Foi assim na virada do século 15 para o 16, entre Renascença e Descobrimentos, como foi na virada do século 18 para o 19, com o Antigo Regime caindo, independências rolando, repúblicas nascendo e a revolução industrial se impondo sobre a economia agrícola que havia sustentado a humanidade até então. Fomos sorteados, dizem os futuristas.

A reportagem é de Pedro Doria, publicada por O Estado de S. Paulo, 13-10-2017. Leia mais →

Como a visão utópica do Vale do Silício pode criar uma forma brutal de capitalismo

Vale do Silício

Os deuses da tecnologia estão vendendo a todos um futuro brilhante. Leia mais →

A nova arte de “Pope-Watching”

Massimo Faggioli – 12/10/2007

Foto: Francisco em “selfie” com Jovens. Reprodução

“….o modo muito particular de Francisco de ser papa representa o passo seguinte numa dessacralização em curso da pessoa do Papa, que remonta ao Papa João XXIII, que pediu ao jornal L’Osservatore Romano para não usar mais, ao citá-lo, a frase “como recolhemos dos augustos lábios”. De agora em diante, disse ele aos jornalistas do diário oficial do Vaticano, ficará perfeitamente bem [dizer] “o papa disse isto” ou “o papa fez aquilo”. Leia mais →

Urgências pastorais da Igreja, hoje. Entrevista com Christoph Theobald

Christoph Theobald

 Maurizio Rossi- 14/10/17 
Foto: La Settimana News
O jesuíta francês Christoph Theobald, conhecido também na Itália pelos seus trabalhos sobre o Vaticano II  e pela sua proposta teológica de um cristianismo como estilo, há poucas semanas, terminou um importante livro novo, intitulado Urgences pastorales du moment présent. Comprendre, partager, réformer [Urgências pastorais do momento presente. Compreender, partilhar, reformar] (Ed. Bayard, 2017, 539 páginas). Leia mais →

Quando um papa canoniza um linguista

translate

Andrea Grillo –11/10/17 blog: Come se non

Depois do Motu Proprio Magnum Principium, uma reflexão sobre o valor das “línguas populares” torna-se não só possível, mas necessária. A tradução é novamente reconhecida como condição da tradição.

Nesta brilhante intervenção, o historiador e teólogo Ubaldo Cortoni, monge camaldolense e professor do Pontifício Ateneu de S. Anselmo, relê com grande capacidade de síntese  a importância do recente documento à luz da história moderna e medieval. E uma citação de Anselmo sela uma reflexão sobre a mudança de direção que o papa Francisco soube imprimir à tradição, canonizando um linguista jesuíta.

Leia mais →

Francisco sobre: 4. o diálogo ecuménico e inter-religioso

Ainda os diálogos do Papa Francisco e de Dominique Wolton: Politique et société.

“Wolton: “E, no diálogo com o islão, não seria necessário pedir um pouco de reciprocidade?

Não há verdadeira liberdade para os cristãos na Arábia Saudita e nalguns países muçulmanos. É difícil para os cristãos. E os fundamentalistas islamistas assassinam em nome de Deus.” Leia mais →