Posts por data

abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias

CELEBRANDO A RESSURREIÇÃO DE CRISTO – PÁSCOA

A Festa da Páscoa é a maior Festa do ano litúrgico. Iniciamos a última etapa da chegada desta festa com as celebrações do tríduo Pascal nos dias que antecedem a festa da Páscoa celebrando os principais mistérios de nossa fé e o caminho da salvação. A confirmação desta realidade vem que a ressurreição de Cristo é o acontecimento de maior importância e significado na caminhada da Igreja. Leia mais →

A Ressurreição: Estória Ridícula ou História Real?

Quando criança aprendi muitas estórias maravilhosas sobre os nossos feriados religiosos. Aprendi que um homem jovial e gordo voava em volta do mundo com renas, descendo por chaminés para dar prendas a meninos bons no Natal. Aprendi sobre o coelhinho que dava ovos e chocolates aos mesmos meninos na Páscoa. Ao ficar mais velho, soube que tais estórias eram meigas mas falsas. Eu podia olhar para traz e rir das estórias, mas eu as superei. Leia mais →

Sábado Santo: Um grande silêncio reina sobre a terra

No Sábado Santo, um grande silêncio reina sobre a terra porque o Rei está dormindo

Que está acontecendo hoje? Um grande silêncio reina sobre a Terra. Um grande silêncio e uma grande solidão. Um grande silêncio porque o Rei está dormindo; a Terra estremeceu e ficou silenciosa, porque o Deus feito Homem adormeceu e acordou os que dormiam havia séculos. Deus morreu na carne e despertou a mansão dos mortos. Leia mais →

A Paixão de Cristo, Um estudo da psicologia das massas

Ao ler o texto da paixão de Cristo nos quatro evangelhos, a seqüência dos acontecimentos nos deixa intrigados e perplexos. Se não soubéssemos desde muito tempo o final da história, certamente não deduziríamos, até quase o final do relato, que ela acabaria como acabou. Como num filme de Hitchcock, nada nela poderia sugerir um final tão inesperado e tão incoerente com os acontecimentos que o precederam. Leia mais →

“Sem a via da misericórdia tudo se enfraquece”

Em seu artigo “Via da misericórdia”, o arcebispo de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira afirma que a humanidade precisa ser banhada por um novo bálsamo – o bálsamo da misericórdia, que é muito antigo, mas sempre atual. “Antigo por ter suas raízes plantadas na eternidade. Novo e necessário porque a humanidade depende dessa fonte inesgotável, que é o amor de Deus”, explica. Para o bispo, o rosto desse amor misericordioso está próximo de cada pessoa – é Jesus Cristo. “Nele, o Filho de Deus, a misericórdia divina, se torna visível, mostrando que o seu Pai é o Pai de todos, Deus amor”, declara.

Leia mais →

A difícil articulação entre o Jesus da fé e o Jesus da história.

O Jesus da fé.

Sem dúvida, a pergunta fundamental acerca de Jesus continua sendo: Quem é Jesus para mim hoje? Onde encontro Jesus? Como? Eis a pergunta deveras mais importante. O primeiro escritor cristão, Paulo de Tarso, que começa a redigir suas cartas apenas vinte anos após a morte de Jesus, não demonstra interesse em conhecer a biografia de Jesus de Nazaré, mas vai direto ao âmago: quem é esse Jesus, que aprendi a conhecer entre militantes de seu movimento? O que ele traz para minha vida? A resposta de Paulo, que repercute por séculos: Jesus é liberdade, amor, universalismo. Eis o primeiro Jesus da fé. Leia mais →

Marco Aurélio volta a criticar censura: “Mordaça. Isso não se coaduna”

Quinta-feira santa

Tomai e comei: isto é o meu corpo. Tomai e bebei: Isto é o meu sangue, o sangue da Aliança, derramado em favor de muitos.

 Textos da liturgia da eucaristia, Ex 12,1-8.11-14:

Naqueles dias, o Senhor disse a Moisés e a Aarão na terra do Egipto: “Este mês será para vós o princípio dos meses; fareis dele o primeiro mês do ano. Falai a toda a comunidade de Israel e dizei-lhe: No dia dez deste mês, procure cada qual um cordeiro por família, uma rês por cada casa. Leia mais →

Se Deus está morto, tudo é permitido?

“A política não nos conseguirá salvar mais.” Essa frase, dita por René Girard em 2012, durante uma entrevista, demonstra que ele “era meio pessimista em termos de política”, frisa Michael Kirwan na entrevista a seguir, concedida à IHU On-Line por e-mail. Leia mais →

A prática do sacrifício, hoje, é a prática da barbárie

 


 

Xabier Etxeberria Mauleon analisa o nazismo e o atual jihadismo como expressões sacrificiais. A partir das filosofias de KantKierkegaardLévinas e Girard, examina a gênese dessas práticas em nossa sociedade. Leia mais →